Muitos usuários ainda resistem em baixar o Windows 10

Microsoft disponibilizará versão gratuita do sistema operacional até dia 29 de julho

Publicado em 27/07/2016

Quem já se deparou com mensagens de atualização do Windows 10, mas ficou com aquela dúvida: atualizo ou não? Aqueles que ainda estão ressabiados com a novidade têm até o dia 29 de julho para aproveitar a oferta gratuita. É a primeira vez que a Microsoft oferece um grande update do seu sistema operacional totalmente de graça.

A oferta durou um ano, e o prazo serviu para a empresa "pressionar" os usuários, a fim de aumentar a taxa de atualização dos equipamentos. Mas, mesmo de graça, o Windows 10 ainda não conseguiu seduzir uma boa fatia do mercado.

De acordo com dados da NetApplications, divulgados no site Future Behind, no final de junho, o Windows 7 ainda estava em 49,05% das máquinas, o Windows 8 em 2,45% e o Windows 8.1 em 8,01%. O Windows 10 estava em 19,14% dos computadores, o que significa que mais de metade dos dispositivos do mundo ainda não instalaram a nova versão.

Atualizar ou não?

Algumas críticas na internet revelam usuários irritados com o novo sistema. Computador lento e problemas de compatibilidade estão entre a maioria das queixas. Mas existem outros pontos de vista: muitos já gostam do sistema operacional que tem, por nunca ter causado problemas ou, simplesmente, não ligam para novidades tecnológicas.

Outra razão para a não atualização está relacionada à compatibilidade de aplicações. A Microsoft esforçou-se para que programas, drives e componentes com vários anos sejam suportados pelo Windows 10, mas a verdade é que isso nem sempre se concretiza num cenário sem problemas e lentidão, por exemplo.

Por isso, se você quer saber se deve atualizar ou não, o melhor é analisar as suas necessidades e quais as ferramentas mais utilizadas no seu PC. Perceba quais os elementos são compatíveis com o novo Windows. Caso os seus principais programas tenham compatibilidade total, então, o ideal é avançar.

Se mesmo assim não for satisfatório e o computador ficou lento e com problemas de compatibilidade, então dê um passo para trás, a fim de não comprometer a qualidade geral da sua máquina.

Foto: Divulgação