Microsoft quer acabar com a pirataria de seus softwares

Caça aos piratas começa com chaves roubadas do Windows 7 e Office 2013

Publicado em 10/03/2016

Os softwares da Microsoft sempre foram grande alvo de pirataria, e a empresa continua agindo para tentar reduzir a prática. A gigante norte-americana recentemente pediu uma autorização federal para ir atrás dos infratores, segundo informações do TecMundo.

A caça aos piratas começa com o Windows 7 e Office 2013, que tiveram milhares de chaves indevidamente utilizadas ao longo de três anos. O melhor recurso de que a empresa dispõe para chegar aos criminosos é o IP infrator, com a data e horário de ativação dos produtos. 

"Apesar dos esforços razoáveis, incluindo várias técnicas de investigação, a Microsoft tem sido capaz de identificar os suspeitos envolvidos", explica a empresa.

Para evitar esse tipo de ataque, a companhia está trabalhando em um sistema de ativação digital, deixando a atualização mais segura e leve.