Brasil ocupa 10ª posição de países com mais supercomputadores

Máquinas são capazes de realizar operações de soma e subtrações 3 milhões de vezes mais rápida que um desktop

Publicado em 28/12/2015

Você já ouviu falar em supercomputadores? São máquinas gigantes e com alto desempenho em operações, que geralmente possuam um espaço reservado somente para elas. O Laboratório Nacional de Berkeley e a Universidade de Tennessse divulgaram um ranking "TOP 500" de países com a maior quantidade de supercomputadores no mundo, e nosso país está ocupando a 10ª posição.

Os supercomputadores brasileiros presentes no ranking, apesar de custarem milhões de reais, não podem ser encontrados em qualquer prateleira de loja, pois foram desenvolvidas especificamente para institutos de pesquisas e para indústrias. O Laboratório Nacional de Comunicação Científica (LNCC) que fica no município de Petrópolis (RJ), abriga três super máquinas; já em Salvador (BA) existe uma no Cimatec e outro modelo está no Instituto Nacional de Pesquisa Espacial, em São Paulo, além de um na Petrobras.

Em relação aos melhores desempenhos, o Brasil já chegou alcançar 29º lugar no ranking quando, em 2010, o Inpe instalou o supercomputador Tupã, mas infelizmente hoje ela ocupa o 476º lugar.

Confira o ranking resumido o TOP500